Por César Felipe – Uma herança chamada Gilvan

BELO HORIZONTE / BRASIL - 31.08.2015 - O volante Uillian Correia é apresentado, pelo Presidente Gilvan de Pinho Tavares, na sala de imprensa da Toca da Raposa II em Belo Horizonte. © Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Vamos começar com uma frase de um dos caras mais inteligentes e cruéis da história, Adolf Hitler:  “Só lutamos por aquilo que amamos, só amamos aquilo que respeitamos e só respeitamos aquilo que conhecemos”.

A frase é forte e é por isso que chamamos a atenção para algumas questões referentes ao universo Cruzeiro Esporte Clube. Dr. Gilvan de Pinho Tavares, o presidente bicampeão brasileiro 2013/2014, resguarda-se, desde o ano passado, de todos os seus equívocos, alegando ser um grande gestor e o presidente do bicampeonato.

Mas até que ponto ele foi o único responsável?

Quando o time entra em campo, perde um, perdem todos, ganha um, ganham todos. Desde o roupeiro, a nutricionista, o fisiologista, o faxineiro, o porteiro ao presidente. É um trabalho em equipe! Então, o bicampeonato é tanto conquista do senhor, quanto de qualquer outro profissional que esteve no clube no período e, claro, também é conquista dos mais de 8 milhões que lotaram o Mineirão nos jogos.

Mas vamos voltar para questionar o presente – por que manter em cargo bem remunerado dentro do clube um profissional que alega ter comprado resultado? Diga-se de passagem Sr. Benecy Queiroz. Onde estão os valores do clube? Onde estão os valores dos profissionais que estão à frente do clube? Meus pais sempre me ensinaram o valor da honestidade e da hombridade, terá faltado uma boa criação para esses profissionais ou é má-fé?

Bom, uma coisa que aprendi na publicidade é que um planejamento benfeito traz grandes resultados. Ninguém planeja fracassar, mas há fracasso por não planejar. E o fracasso de um mandato que tinha tudo pra ser vitorioso será unicamente por não ter um planejamento.  Dr. Gilvan, o abstrato se transforma no concreto quando se executa um planejamento, num termo mais popular, eu tenho um planejamento estratégico pra tudo, que se chama fazer as coisas.

Por que vocês fazem absolutamente nada?

A grandeza de um clube se faz pelas conquistas e o Cruzeiro é gigante! Não coloquem a mancha de vocês nessa história gloriosa, respeitem o maior clube do Estado de Minas Gerais. Planejem, busquem os bons resultados, vamos jogar juntos, pois o nosso maior interesse é ver o Cruzeiro no topo. A melhor maneira de ter uma boa ideia é ter muitas e somos mais de 8 milhões dispostos a ajudar.

Esse é apenas um desabafo de um torcedor que luta pelo que ama e respeita aquilo que ama – Cruzeiro Esporte Clube, um gigante no mundo.

César Felipe

Comments

comments

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta