IMPOSSÍVEL? ISSO NUNCA EXISTIU NO CRUZEIRO

Vencemos o Santos de Pelé, mentira, humilhamos o Santos de Pelé em 1966.

Em 67, com 9 jogadores em campo, perdíamos para o rival por 3 a 0, o placar lhes garantia o título. Na raça empatamos o jogo, o que forçou outra partida. Resultado? Campeões daquele ano.

Em 76, Campeões da Libertadores com um gol com as marcas da ousadia, da irresponsabilidade responsável, da genialidade e da Coragem.

Exemplos não faltam. Campeão da Copa do Brasil em 1996, dentro da casa do Palmeiras, que era considerado como uma seleção e de virada.

Em 2000, campeões novamente da Copa do Brasil, com um gol mágico aos 45 minutos do segundo tempo.

Somos o único time fora do eixo Rio-SP, a conquistar o Campeonato Brasileiro de pontos corridos e não foi só uma única vez, foram três títulos.

NADA PARA O CRUZEIRO É IMPOSSÍVEL, PORQUE O IMPOSSÍVEL SÓ EXISTE ATÉ QUE ALGUÉM TENHA CORAGEM DE DERRUBA-LO e isso nós temos de sobra.

Jogadores honrem os ídolos do passado que ajudaram a construir esse gigante do futebol, honrem essa torcida que nunca abandona o time, honrem esse manto que vocês tem a sorte de vestir.

Não esperamos que vocês tenham a genialidade do Joãozinho, a habilidade do Natal, a categoria do Tostão, muito menos que sejam extraterrestres como foi o Dirceu.

Mas queremos e exigimos raça, empenho, determinação e respeito, pois somos Cruzeiro. Vocês sabem o que significa ter essa honra?

Comments

comments

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta