CRUZEIRO 3 X 3 GRÊMIO

CRUZEIRO 3 X 3 GRÊMIO
 
tneves.gremioSim, foi um jogão!!! Jogão um caralho, jogão seria se o Cruzeira tivesse vencido a partida. Pode falar que foi um jogo que mostrou uma puta recuperação do time, mas que foi um jogão… Vá tomar meia hora de Cu com o relógio parado.
 
Vamos lá, é público, até quem não entende de futebol sabe que o Léo é lento, ou tira ele ou não permite o cara ficar no Mano com o atacante. Ezequiel esteve na noite mais infeliz de sua vida, falhou no primeiro gol. Na cobrança de escanteio, que resultou a merda, o sujeito me subiu da altura de uma gilete deitada para disputar a bola pelo alto e no terceiro gol, para variar tomou uma bola nas costas (calma que vou falar sobre isso, que aí a culpa não é 100% dele), resultado, o jogador do Grêmio, dominou a pelota, bateu cruzado, Fábio fez o possível e o Leo muito atrasado, viu Ramiro estufar as redes.
 
No segundo gol o tal do Everton fez o que teve vontade com o Robinho e o Caicedo, Bateu forte, Cruzado, Fábio fez o que dava para ser feito, quem estava dormindo era o Diogo Barbosa. A bola espalmada pelo nosso goleiro, passou nas fuças do lateral e ele… nada, viu o Michel estufar as redes.
 
Opinião. Porque o Grêmio encontrou tanta facilidade para chegar ao gol do Cruzeiro. Time mal escalado. O Mano, que deve ser pai do Sóbis, para colocar esse homem para jogar, fode o negocio todo.
 
Enfrentar um time veloz, que tem uma ótima ligação de seu meio campo com seus atacantes, com um zagueiro lento, o outro que ainda não mostrou a que veio, com um lateral (Ezequiel, mais perdido que azeitona na boca de banguela) e com o outro, Diogo Barbosa que avança muito, com dois volantes… é pedir para tomar tunda.
 
Não to culpando o culpando o Cabral e o Romero não. É impossível, dois jogadores, fazerem a marcação do meio campo, cobrirem os laterais, ajudarem os zagueiros e ainda vez ou outra chegarem a frente. O certo era o treineiro ter entrado com três volantes, dois de muita marcação e um mais técnico. Meu meio campo seria: Hudson, Romero, Cabral e Robinho. Na frente Thiago Neves e Ábila. Mas, o “prepotentão”, tem que por o protegido dele para jogar e ai fode tudo.
 
Então amigo, a culpa pelos gols do Grêmio e o empate no Mineirão, foi do seu Mano Menezes, que não vê, não entende o que acontece na partida e claro, não da para isentar as falhas individuais dos jogadores.
 
Mas nem tudo foi uma desgraça. O time mostrou poder de reação, o que significa que os caras têm vergonha na cara. Thiago Neves disparadamente fez sua melhor partida com a camisa do Cruzeiro, o protegido pelo menos fez gol, mas nos custou três, preço alto demais para mantê-lo em campo e o Robinho, é o Robinho, eficiente, passes perfeitos, ótima visão de jogo e de quebra fez um belo gol.
 
Estamos em oitavo na tabela de classificação, a um pontinho da zona da pré-libertadores. Dava para estar bem melhor se não fosse a teimosia, arrogância e despreparo do Mano.
 
Por enquanto não vou me iludir, faltam 36 pontos para eu ficar tranquilo, depois o que vier é lucro.
 
Me lembro do Batista falar (já vão me chamar de viúva do Adilson, foda-se). Time que vier jogar com dois meias aqui no Mineirão perde e de muito. O cara sabia o que tava falando, ele tinha três volantes que marcavam pacas e saiam como poucos para o jogo mais o Wagner que supria o ataque e na frente atacantes, que nem eram grandes coisas, mas recebiam a bola em boas condições para fazerem as jogadas e finalizarem para o gol.
Abraços
Genta

Comments

comments

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta